24 de jan de 2013

Descubra aqui qual a base ideal para a sua pele


Tipos de acabamento
- Matte: sem brilho, opaca. Pode ser escrita também “mate”. Ajuda a controlar a oleosidade e o excesso de brilho da pele.
- Semimatte ou semiopaca: também opaca, mas em grau menor do que a base matte. Uma opção para peles mistas.
- Acetinada: mais fluida, tem efeito aveludado. Indicada para peles de normais a secas.
- Iluminadora: com um leve brilho. Indicada para peles secas ou sem viço. Mas cuidado, pois pode evidenciar rugas.

Tipos de textura
- Cremosa: tradicional, é a mais indicada para quem tem pele seca ou mista por causa de sua capacidade de hidratação. Ideal para pele madura e com mais imperfeições por causa da alta cobertura.
- Líquida ou fluida: indicada para todos os tipos de pele, porém, com poucas imperfeições por ter baixa cobertura. Seu efeito é o mais natural. Ideal para quem prefere base discreta. Aconselha-se retoque com pó ao longo do dia.
- Mousse: elaborado a partir da espuma de silicone, sua textura fica entre a cremosa e a líquida. Por ter efeito matte, não é indicada para peles secas. Cobertura média.
- Stick ou bastão: pode servir como corretivo e base ao mesmo tempo. Por ter consistência mais cremosa, não é indicada para peles oleosas. Cobertura de média a alta. 
- Pó: ideal para pele jovem e perfeita, pois tem pouca cobertura. Mas é uma opção complementar para quem tem pele oleosa ou mista e precisa reaplicar durante o dia a fim de reduzir o excesso de brilho. As do tipo mineral não levam óleo na sua composição. Passar primer antes ajuda a fixar mais esse tipo de produto, que deve ser sempre do mesmo tom da base.
- Compacta: por ter textura mais cremosa, sua cobertura é de leve a média. Pode ser usada em todos os tipos de pele.
- HD: significa "high definition" ou alta definição. É elaborada com micropartículas que refletem a luz. Por isso, é muito usada para fotos e filmagens. Por ser bem absorvida pela pele, disfarça linhas finas e pequenas rugas. Cobertura média a alta. Para todos os tipos de pele.
- Spray: por ser mais "seca", é uma opção para peles oleosas e tem boa cobertura. O recomendado é aplicar o jato no pincel e distribuir na face. Se aplicado diretamente no rosto, pode sujar o cabelo e as sobrancelhas.
- Full coverage: base "artística", mais densa e oferece cobertura 100%. Indicada para peles com marcas de acne, poros e imperfeições evidentes.


A maquiadora Simone Barcelos ensina técnicas para escolher e aplicar a base para deixar a pele uniformizada e servir como ponto de partida para qualquer maquiagem.



Comentrios
0 Comentrios

0 comentários:

Postar um comentário